Assine nossa
newsletter

A Constituição que foi escrita no Facebook

30.11.2023
Autor: Colab
governo

A Constituição que foi escrita no Facebook

Que o Facebook é uma rede social que serve para diversas coisas, como combinar protestos, encontros, reuniões, bater papo, arranjar namorado, fazer ligações e mais um monte de coisas, com certeza você já sabe. 

Mas você sabia que ele foi usado para escrever a Constituição de um país?

Vem cá, que neste artigo eu te explico essa história direito 😉 

Sim, é verdade!

O país que inovou na hora de fazer sua Constituição foi a Islândia. Em 2011, eles resolveram consultar sua população através de um meio de comunicação muito eficiente, mas inusitado para a ocasião: o Facebook. 

Tal situação se deu pelo momento político vivido pelo país, que se encontrava com uma Carta Magna datada de 1944, uma população altamente instruída, engajada e letrada, e uma crise financeira sem precedentes. 

Além disso, eles estavam em uma crise de representatividade, na qual os islandeses não confiavam muito que o Legislativo pudesse expressar fielmente a vontade do povo no documento.

Por este motivo, a população elegeu um comitê constituinte formado por acadêmicos e líderes comunitários apartidários, que trabalharam no novo código do país. 

Escolhidos democraticamente pelo povo, os membros desse conselho resolveram devolver à população parte do poder neles depositado, consultando-a sobre as normas que deveriam constar na nova Constituição, que foi escrita completamente de forma colaborativa. 

Autor: Colab

Descubra como a IA está transformando governos com o Chat GPT


Baixar

Colab na Mídia

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

21.02.2024

Engajando a população: 6 estratégias para uma gestão pública eficiente