Assine nossa
newsletter

A reabertura das atividades está sendo feita de maneira correta nas cidades?

30.11.2023
Autor: Colab
governo

Se tem um assunto que tem tomado a cabeça de todos os gestores públicos atualmente, é a reabertura das atividades e a retomada da economia nas cidades.

Muitos municípios estão baseando a decisão de reabertura do comércio e retomada das atividades num indicador chamado R(t). Este índice mostra o número esperado de indivíduos que uma pessoa infectada pode contagiar ao longo do tempo. As prefeituras monitoram esse R(t) e quando ele está abaixo de 1, elas decidem liberar as atividades.

Porém, esse não é o jeito certo de monitorar a situação para reabertura. Foi publicado recentemente um artigo científico que destacou o uso incorreto do R(t) para determinar isso. Os cientistas explicaram que o R(t) utiliza para seu cálculo a data de notificação dos casos, sendo que o ideal seria considerar a data de início dos sintomas. 

Como é difícil para as secretarias de saúde estimarem isso ou até mesmo coletarem este dado (e quando coletam, ele já está obsoleto), às vezes elas usam alguns cálculos para estimá-lo. 

O que este artigo provou é que não é adequado utilizar o R(t) com os parâmetros atuais, pois ele acaba sendo um indicador obsoleto e enviesado, não expressando a realidade do curso da epidemia e consequentemente trazendo uma tomada de decisão falha por parte do Governo.

Mas eu tenho uma boa notícia pra você: nós, do Movimento Brasil Sem Corona, sabemos como contornar isso e fazer o cálculo de reabertura de forma mais assertiva.

Autor: Colab

Descubra como a IA está transformando governos com o Chat GPT


Baixar

Colab na Mídia

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

21.02.2024

Engajando a população: 6 estratégias para uma gestão pública eficiente