Assine nossa
newsletter

Cidade Modelo: O exemplo da Estônia para a Educação

30.11.2023
Autor: Colab
governo

Na última edição do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, em inglês), a Estônia apareceu em terceiro lugar no ranking, perdendo só para o Japão e Cingapura. Já o Brasil ficou em 63° dentre os 70 países participantes.

Quais as lições da Estônia para melhorarmos a nossa educação?

Nesse post resolvemos falar um pouco sobre a educação e trazer  o caso desse pequeno país para você como inspiração.

Os Três Pilares

A Estônia é um país jovem que foi criado como Estado autônomo há pouco mais de cem anos, em 1917. Antes disso, o território sofreu com o domínio de outros povos nas terras estonianas. Mesmo nesses períodos conturbados, existem registros históricos de que a alfabetização da população estoniana era de 94%. Esses registros remetem a 150 anos atrás, mostrando uma clara preocupação quanto a educação no país.

Para a Ministra da Educação e Pesquisa do país, Mailis Reps, em entrevista à BBC News Brasil, existem três pilares que explicam o sucesso da educação estoniana.

“O sucesso da educação na Estônia se baseia em três pilares. A educação é valorizada pela sociedade, o acesso é universal e gratuito e há ampla autonomia (de professores e escolas)”. A ministra também ressaltou que “os estonianos realmente acreditam que a educação abre uma ampla gama de possibilidades”.

O país acredita tanto na educação que ela é gratuita e oferece oportunidades para que todos sejam inseridos no sistema educacional. Além disso, o país fornece alimentação gratuita nas escolas, materiais didáticos, serviços de aconselhamento e subsídios em transporte.

A Estônia investe 6% do PIB (Produto Interno Bruto) em educação.

Analisando só a porcentagem, é igual ao investido pelo Brasil, porém, quando olhamos o PIB per capita e o número de alunos percebemos as diferenças. Por exemplo, enquanto o governo estoniano investe o equivalente a R$28 mil por aluno ao ano no ensino básico, o Brasil investe R$6,6 mil.

“A educação sempre foi uma prioridade para investimentos, quando se trata de salários de professores, rede de escolas ou infraestrutura digital”, destaca Reps.

Valorização do Professor

De acordo com o OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), nos últimos 10 anos o aumento salarial dos professores estonianos foi impressionante: só na última década o salário aumentou em 80%. Essa informação se destaca mesmo dentro do cenário Europeu.

“A chave está no acordo com a sociedade. Todos devem entender a necessidade da educação – só assim é possível obter resultados”, explica a ministra, “Existem competências gerais que todo aluno deve desenvolver: cultura e valores; habilidades sociais e de cidadania; autodeterminação, autoaprendizagem, interação e comunicação; matemática, ciências naturais, tecnologia; empreendedorismo e competências digitais”.

As escolas estonianas possuem autonomia para definir as metodologias que serão usadas e os ambientes de sala de aula, mas as diretrizes de ensino ainda estão no currículo nacional. Ou seja, o currículo define o resultado final, mas como alcançá-lo é decidido pelo professor.

Inovação na Estônia

Além do investimento em educação, a gestão pública do país investe muito em tecnologia. Atualmente existem apenas três serviços públicos na Estônia que exigem a presença física do cidadão: casamento, divórcio e transferência de imóvel.

O país se tornou referência de administração pública eficiente e com a digitalização de serviços públicos reduziu a burocracia, o que deixou seus cidadãos mais felizes usufruindo de serviços práticos.

Voltando para a realidade brasileira, sabemos que ainda falta muito para chegarmos nesse nível. É claro que temos prefeituras apostando na inovação e criatividade na gestão pública, mas isso ainda é muito desigual dentro do país.

Se você é gestor ou servidor público e quer mudar essa realidade, venha conhecer o curso de Gestão Pública Participativa aqui do Colab. Nele temos professores especialistas em administração pública trazendo cases e ideias de inovação incríveis.

Autor: Colab

Aprenda a digitalizar serviços públicos com nosso curso gratuito exclusivo. Transforme a experiência do cidadão e aumente a eficiência da sua prefeitura.


Inscreva-se!

Colab na Mídia

15.07.2024

Conheça os 5 princípios da administração pública

27.06.2024

Coleta de lixo urbano: como otimizar essa demanda?

24.06.2024

Gestão colaborativa: transforme a relação entre cidadãos e administração pública

22.04.2024

Veja como o Colab melhorou a eficiência de alguns municípios

17.04.2024

Veja como o Colab atua na prevenção contra a dengue

16.04.2024

Atendimento multicanal: veja detalhes da parceria entre Colab e Prefeitura de Santo André

10.04.2024

Otimize os dados do seu município e melhore a prestação de serviços

13.03.2024

Indicadores de performance na gestão pública: fatores para levar em consideração

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo