Assine nossa
newsletter

Como progredir sem poluir?

30.11.2023
Autor: Colab
cidadao

Todos os países, independentemente de seu tamanho ou cultura, enfrentam – ou já enfrentaram – o mesmo problema na busca pelo desenvolvimento: a poluição.

Na busca por crescimento, independência econômica e melhores estruturas, os esgotos, gases e resíduos, domésticos e industriais são lançados no meio ambiente sem tratamento adequado, contaminando matas, rios e o ar. No começo, os danos são pouco aparentes, mas a longo prazo eles se tornam fatais.

Atualmente, o Brasil é o sexto país que mais emite gases do efeito estufa e detentor da nona maior economia mundial

Nesse caso, existe uma grande questão: É possível desenvolver a economia de um país sem agredir o meio ambiente? 

Sim, é possível!

As possibilidades de manter o desenvolvimento de um país diminuindo a poluição e poupando recursos naturais são grandes e reais. Inclusive, isso se chama desenvolvimento sustentável e é uma das bandeiras das Nações Unidas. Para reverter essa situação, são necessárias algumas mudanças e a implantação de novos projetos e políticas públicas, que vamos te mostrar a seguir.

6 passos para um desenvolvimento sustentável

  1. Implantação de saneamento básico

Um dos grandes problemas de saúde pública no Brasil é o saneamento básico. Atualmente, 48% da população não possui coleta de esgoto, 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada e somente 46% do esgoto é tratado. Todo esse quadro contribui para que a população adoeça e rios sejam poluídos a ponto de serem considerados mortos. Aumentando a rede de esgoto e criando estações de tratamento para os dejetos, além de melhorar as condições de vida da população, ajuda a preservar o meio ambiente e melhorar as condições climáticas.

  1. Tratamento de resíduos industriais

Tratar os resíduos industriais é essencial para proteger a natureza e evitar desastres ambientais. São necessárias legislações rígidas, ações de conscientização e constante fiscalização para que os resíduos da indústria sejam purificados antes de entrarem em contato com ar, solo e água.

  1. Transportes não poluentes

Outra ação que contribui para o desenvolvimento sustentável e preserva o meio ambiente é o investimento em transporte público de qualidade, incentivando a população a deixar seus automóveis em casa, e proporcionar estruturas para meios de transporte não poluentes, como bicicletas e patinetes elétricos, além de dar preferência a veículos movidos por combustíveis menos poluentes, como etanol ou energia elétrica. Além disso, novas formas de transporte devem ser exploradas, como as vias hídricas e novas linhas e estações de trens e metrôs, por exemplo. 

Autor: Colab

Aprenda a digitalizar serviços públicos com nosso curso gratuito exclusivo. Transforme a experiência do cidadão e aumente a eficiência da sua prefeitura.


Inscreva-se!

Colab na Mídia

22.04.2024

Veja como o Colab melhorou a eficiência de alguns municípios

17.04.2024

Veja como o Colab atua na prevenção contra a dengue

16.04.2024

Atendimento multicanal: veja detalhes da parceria entre Colab e Prefeitura de Santo André

10.04.2024

Otimize os dados do seu município e melhore a prestação de serviços

13.03.2024

Indicadores de performance na gestão pública: fatores para levar em consideração

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

16.05.2024

Saiba qual é o poder do design de serviços na transformação do setor público