Assine nossa
newsletter

Dia da Democracia: em memória de Vlado

30.11.2023
Autor: Colab
cidadao

No Brasil, depois de um longo período de ditadura militar (1964 – 1984), houve a redemocratização do país e uma nova Constituição Federal de 88 que ampliou os direitos individuais e restabeleceu as liberdades públicas. Infelizmente Vladimir Herzog, também conhecido como Vlado, não teve a oportunidade de ver isso acontecer. 

O Dia da Democracia, mesma data de seu assassinato em 1975, foi escolhido como uma forma de eternizar o ato trágico em memória viva para dar força à luta pelos direitos humanos que tantos jornalistas, assim como Vladimir, pregavam através do jornalismo crítico que faziam em prol da democracia. 

O episódio histórico que interrompeu a vida dele é um dos milhares que aconteceram numa época sombria dentro do Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-CODI). 

Atualmente seu legado permanece vivo através do Instituto Vladimir Herzog (IVH), que comemora 46 anos de luta e de reconhecimento jornalístico com uma das mais importantes premiações da categoria.

O Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos acontece desde 1979 e destaca projetos em diferentes modalidades como arte, fotografia, produção em áudio, vídeo, texto e livro reportagem dentro de um recorte que valoriza a democracia e os direitos humanos no Brasil. 

Autor: Colab

Descubra como a IA está transformando governos com o Chat GPT


Baixar

Colab na Mídia

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

21.02.2024

Engajando a população: 6 estratégias para uma gestão pública eficiente