Assine nossa
newsletter

Eleições legislativas: por que os partidos importam?

30.11.2023
Autor: Colab
cidadao

A escolha de um candidato ou candidata para representar os indivíduos nos espaços de representação política é algo muito importante, pois é esta escolha que pode mudar a vida desse indivíduo representado e de toda a sociedade. 

Mas será que todos os eleitores conhecem o caminho do seu voto e como eles podem eleger ou não o seu candidato? E se o candidato escolhido não for eleito, então os seus votos são perdidos ou vão para outro candidato? 

Entender todas essas questões e as regras eleitorais é muito importante para se escolher um candidato, para que no final das contas o seu voto não acabe indo para alguém que você não deseja de forma alguma. 

É muito comum que os partidos não sejam levados em consideração no momento de escolha de um candidato, e ao invés disso a figura do indivíduo acabe tendo mais peso na escolha dos eleitores. Mas será que isso é algo prudente de se fazer ou será que os partidos dos candidatos também deveriam ser levados em consideração no momento dessa escolha?

A resposta para esta questão é de que nas disputas eleitorais legislativas, ou seja, nas disputas para os cargos de deputados estaduais e federal (que acontecem neste ano) e para vereador (daqui dois anos), a escolha dos partidos dos candidatos importa tanto quanto a escolha do candidato em si. 

Isso se deve ao fato de que os votos dos eleitores vão primeiro para o partido do candidato em que ele votou, e na medida em que este partido vai obtendo uma quantidade suficiente de votos para eleger um candidato, os candidatos mais votados do partido vão sendo eleitos. 

Quociente eleitoral

O quociente eleitoral é o número que determina a quantidade de votos que um partido precisa obter para eleger um candidato. 

O seu valor é obtido a partir da divisão da quantidade de votos válidos (exclui brancos e nulos) pela quantidade de cadeiras em disputa. 

Assim, se supostamente há 100 mil votos válidos e 10 cadeiras em disputa, então o quociente eleitoral é de 10 mil (100 mil votos / 10 cadeiras = 10 mil), o que significa que um partido precisa de 10 mil votos para eleger um deputado. Caso este partido possua 20 mil votos então ele elegerá dois deputados, e assim sucessivamente.

Autor: Colab

Descubra como a IA está transformando governos com o Chat GPT


Baixar

Colab na Mídia

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

21.02.2024

Engajando a população: 6 estratégias para uma gestão pública eficiente