Assine nossa
newsletter

Gestão colaborativa: transforme a relação entre cidadãos e administração pública

24.06.2024
Autor: sara
cidadao

A gestão colaborativa está se tornando uma abordagem cada vez mais relevante e necessária na administração pública. O conceito envolve a participação ativa dos cidadãos na tomada de decisões, na criação de políticas e na implementação de serviços públicos.

Ao longo deste artigo, vamos explorar os benefícios, os pilares e os motivos para adotar a gestão colaborativa, além de fornecer orientações sobre como levar essa abordagem para os municípios.

 

O que é gestão colaborativa e quais seus benefícios?

A gestão colaborativa é um modelo de administração descentralizado que incentiva a participação ativa dos cidadãos em processos decisórios e na cocriação de soluções para problemas públicos. 

Ela se baseia na ideia de que a colaboração entre governo e sociedade pode levar a uma coordenação mais eficiente, transparente e adaptada às reais necessidades da população. Entre seus principais benefícios, estão: 

  • Maiores níveis de engajamento e produtividade: quando cidadãos são envolvidos a uma condução pública, eles se sentem mais responsáveis e engajados, resultando em melhores resultados para o município todo.
  • Melhora a atração e retenção de talentos: ambientes colaborativos atraem profissionais motivados, comprometidos e mais capacitados, que buscam fazer a diferença no local de trabalho.
  • Sentimento de pertencimento: a participação ativa gera um maior sentimento de pertencimento e satisfação entre os cidadãos.
  • Mais espaço para inovação: a diversidade de ideias e perspectivas contribui para soluções inovadoras e criativas, o que proporciona benefícios a todos os moradores e visitantes do município.
  • Menos barreiras para a comunicação: o modelo organizacional promove uma comunicação mais aberta e transparente entre governo e população, quebrando tabus em relação a este aspecto, que destaca esse setor como algo burocrático.
  • Adaptabilidade às mudanças: a colaboração constante facilita a adaptação a mudanças e desafios, tornando a administração mais resiliente.

 

Conheça os 3 pilares da gestão colaborativa

  1. Eficiência em gestão e serviços: a colaboração otimiza os processos e melhora a qualidade dos serviços públicos, tornando-os mais ágeis e eficazes.
  2. Participação da sociedade em processos decisórios: envolver a sociedade nas decisões aumenta a transparência e legitima as ações governamentais.
  3. Engajamento a favor dos cidadãos: um governo colaborativo engaja os cidadãos a participarem ativamente na construção de uma sociedade melhor.]

 

5 motivos para implementar a gestão colaborativa

Veja quais são as principais razões para implementá-la:
  • Maior transparência e prestação de contas

A participação cidadã exige maior transparência e responsabilização por parte do governo.

  • Fortalecimento da democracia

Fortalece a democracia ao permitir que todos os cidadãos tenham voz e participação nas decisões públicas.

  • Inovação e criatividade

A diversidade de perspectivas e conhecimentos contribui para soluções inovadoras e eficazes.

  • Desenvolvimento de comunidades sustentáveis

A colaboração ajuda a construir comunidades mais coesas e sustentáveis, focadas no bem-estar coletivo.

  • Resolução colaborativa de problemas complexos

A gestão colaborativa facilita a resolução de problemas complexos ao reunir diferentes perspectivas e soluções.

 

Conheça o programa de gestão colaborativa do Colab

O Colab é uma Govtech que levanta a bandeira da gestão pública colaborativa publicando materiais e cursos de especialização para gestores, promovendo esse conceito, desenvolvendo uma solução que estimula a interação entre cidadãos e prefeituras em todo o país, participando de eventos e evidenciando experiências de clientes. 

Além disso, vende uma solução completa para implementação de um programa de gestão pública colaborativa, sendo a única empresa do setor que possui essa vertente. Este programa é uma metodologia criada pelo Colab, cujo tripé é formado pela gestão de serviços eficientes; a participação popular e o engajamento para as cidades (mantendo o cidadão informado).

Os serviços digitais disponibilizados que promovem uma gestão colaborativa são: zeladoria urbana/ouvidoria municipal; agendamento de vacinas, consultas e teleconsultas, pré-castrações de pets e inscrições para participação em programas governamentais. 

Assim como emite documentos como cartão do estacionamento para pessoa idosa, carteira de identificação de pessoas com síndrome de down, da pessoa com transtorno do espectro autista e da pessoa com deficiência e segunda via de documentos.

O serviço também contempla a arrecadação de tributos, comunicados ao cidadão, fiscalização e diversas possibilidades através do criador de serviços, que é uma funcionalidade que permite a criação de qualquer fluxo de serviço na plataforma.

No quesito participação popular, estão as consultas públicas e os orçamentos participativos. Enquanto no aspecto engajamento do cidadão, isso ocorre devido a resposta e a resolução das prefeituras às solicitações dos moradores na plataforma e através da ativação de mais serviços na plataforma, tendo mais aderência e efetividade na captação de usuários para o aplicativo.

Saiba mais sobre como implementar a gestão colaborativa e transformar a administração em benefício de todos.

 

Autor: sara

Aprenda a digitalizar serviços públicos com nosso curso gratuito exclusivo. Transforme a experiência do cidadão e aumente a eficiência da sua prefeitura.


Inscreva-se!

Colab na Mídia

15.07.2024

Conheça os 5 princípios da administração pública

27.06.2024

Coleta de lixo urbano: como otimizar essa demanda?

24.06.2024

Gestão colaborativa: transforme a relação entre cidadãos e administração pública

22.04.2024

Veja como o Colab melhorou a eficiência de alguns municípios

17.04.2024

Veja como o Colab atua na prevenção contra a dengue

16.04.2024

Atendimento multicanal: veja detalhes da parceria entre Colab e Prefeitura de Santo André

10.04.2024

Otimize os dados do seu município e melhore a prestação de serviços

13.03.2024

Indicadores de performance na gestão pública: fatores para levar em consideração

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

19.07.2024

Vai se pré-candidatar? Saiba o que é permitido e proibido