Assine nossa
newsletter

Qual a importância de falar a língua de nossos usuários?

30.11.2023
Autor: Colab
governo

Para que as pessoas confiem no que dizemos, elas precisam entender o que está sendo dito. Mas, o “burocratês” do setor público muitas vezes atrapalha esse processo e dificulta o entendimento. Por isso, precisamos de mais linguagem simples

O designer de conteúdo do Departamento de Trabalho e Pensões Digital do Reino Unido, Jo Schofield, entende essa necessidade e escreveu um artigo sobre o tema – que você pode ler completo em inglês clicando aqui

Como a linguagem simples é um dos nossos temas favoritos, nesse artigo vamos trazer alguns dos principais pontos que Jo aborda em seu artigo “Porque falamos a língua de nossos usuários” para mostrar a importância do assunto para o setor público. 

O que os questionários sobre a saúde das pessoas podem nos ensinar sobre a língua de nossos usuários?

Uma das atribuições de Jo Schofield é trabalhar com a equipe que pesquisa, projeta e constrói os planejamentos relacionados à saúde para o Crédito Universal. Assim como aconteceu no Brasil, durante a pandemia da Covid-19 eles aprenderam algumas lições e se adaptaram, já que a população não poderia mais levar os seus documentos até os escritórios. 

Pessoas que não podem trabalhar, estão desempregadas ou em situação de baixa renda podem obter auxílio do Crédito Universal. Mas, para garantir o apoio certo, a equipe precisa perguntar sobre a capacidade de trabalhar da pessoa e se ela tem uma fit note.  

A fit note é uma declaração escrita pelo médico sobre a aptidão de alguém para o trabalho, levando em conta a opinião médica e sua saúde.  

Antes a fit note era chamada de nota de doença, em tradução livre. Uma pesquisa mostrou que, mesmo anos após renomear o documento, as pessoas ainda a chamavam pelo nome antigo e o novo causava confusão. Até mesmo os profissionais da saúde usavam mais o termo antigo do que o novo. 

Logo, a equipe percebeu que o termo “oficial” do governo não era a linguagem dos usuários. Ao forçar que as pessoas usassem o termo novo, estavam trazendo incerteza e arriscando interpretações erradas pela confusão. 

A solução que a equipe encontrou para esse problema foi explicar no questionário que a fit note é a nota de doença. 

Autor: Colab

Aprenda a digitalizar serviços públicos com nosso curso gratuito exclusivo. Transforme a experiência do cidadão e aumente a eficiência da sua prefeitura.


Inscreva-se!

Colab na Mídia

22.04.2024

Veja como o Colab melhorou a eficiência de alguns municípios

17.04.2024

Veja como o Colab atua na prevenção contra a dengue

16.04.2024

Atendimento multicanal: veja detalhes da parceria entre Colab e Prefeitura de Santo André

10.04.2024

Otimize os dados do seu município e melhore a prestação de serviços

13.03.2024

Indicadores de performance na gestão pública: fatores para levar em consideração

22.02.2024

Segurança de dados: um ponto que merece a atenção das gestões públicas

13.02.2024

Transformação digital: como ela pode contribuir na gestão pública colaborativa

08.02.2024

4 fatores que comprovam a relevância da inovação no governo

16.05.2024

Saiba qual é o poder do design de serviços na transformação do setor público